Como ser criativo: aprenda a estimular sua criatividade do jeito certo

Como ser criativo: aprenda a estimular sua criatividade do jeito certo

Ser criativo é uma das habilidades mais importantes que podemos desenvolver ao longo de nossas vidas. Ninguém duvida disso. Por isso é essencial entender o

Tudo o que usamos em nossas vidas – internet, mesas, tecnologia, etc – tornou-se realidade porque, antes de tudo, foi moldada pela criatividade de alguém.

Conseguir enxergar além, elaborar soluções, tomar as melhores decisões, fazer mais dinheiro, ter ideias inovadoras: para tudo isso, ser criativo é indispensável.

Porém, embora muita gente pense que criatividade seja uma habilidade fixa, a verdade é que a ciência já provou a neuroplasticidade do cérebro: todos nós podemos nos tornar mais criativos mediante esforço direcionado.

Como passei a vida quase toda trabalhando com criatividade, acabei desenvolvendo algumas técnicas que quase sempre funcionam e acredito que poderão ajudá-lo também.

Por isso decidi compartilhar tudo com vocês hoje. 😉

Introdução

Criatividade é definida pelos dicionários como a “inventividade, inteligência ou talento, nato ou adquirido para criar”.

Essa é uma ótima definição, porque explora quase toda a abrangência que a palavra pode ter.

Mais do que apenas definir uma qualidade especial que alguns poucos privilegiados têm, ser criativo significa ser uma pessoa apta e preparada para encarar situações desafiadoras com uma atitude proativa e não receosa.

Ou seja, criatividade é uma habilidade que se destaca dentre todas as demais porque é aquela nos permite inovar e ir além das nossas limitações e crenças sobre nós mesmos, não temendo a mudança, mas aceitando-a e se adaptando às novas situações.

Porém, nem sempre conseguimos explorar o máximo de nossa criatividade (ou nem sequer sabemos que se a tema), sendo necessário usar de algumas técnicas simples para “liberar” os caminhos para que nossa criatividade flua da maneira mais livre possível.

Por isso, não importa em qual situação você esteja agora: é plenamente possível tornar-se criativo ou voltar a ser criativo estimulando-se da maneira certa.

E as técnicas a seguir irão te ajudar bastante com isso (mas não se esqueça de colocá-las MESMO em prática, ok?)

Técnica #1: Para ser criativo, limite suas opções

Como ser criativo limitando as opções estimular criatividade

Normalmente achamos que, quantos mais opções temos, melhor. Porém, essa forma de pensar não poderia estar mais errada quando falamos de criatividade.

Quando temas muitas opções disponíveis podemos rapidamente entrar num estado de “paralisia de ação”.

Ficamos com tanta dúvida sobre o fazer – e nesse caso, sobre o que criar –, que acabamos paralisados.

Imagine, por exemplo, que você tenha que escrever um post de mil palavras para seu blog. Você começa a pensar em vários tópicos que poderia abordar.

Dois… Três… Cinco… Nove… de repente, você já analisou centenas de tópicos amplos, porém não foi capaz de nichá-lo o suficiente para decidir o tema a ser abordado.

O ideal, portanto, seria limitar suas opções ao máximo, pois isso o forçaria a trabalhar com poucos tópicos e, naturalmente, logo algo concreto surgirá.

Foi justamente assim, inclusive, que esta postagem nasceu.

Eu estava com várias ideias de postagem, pensando em várias coisas, até que eu resolvi limitar aquele brainstorming de ideias e fixar num ponto específico: criatividade.

Não demorou muito e eu nichei um assunto definitivamente, escolhendo falar sobre métodos de como se tornar mais criativo.

O fato é que, quando temos poucas opções, seu cérebro é obrigado a trabalhar com o que tem, imaginando diversas possibilidades dentro de um número limitados de opções.

Portanto, se você quer ser mais criativo, não inunde sua mente com tópicos amplos demais e toneladas de informações desconexas, mas sim limite ao máximo suas opções e veja sua criatividade fluir rapidamente.

Técnica #2: Deixe sua imaginação trabalhar

Como ser criativo e liberar toda a criatividade.

A imaginação é uma das habilidades mais surpreendentes e poderosas que os seres humanos possuem. Na verdade, podemos dizer que essa é uma das coisas que nos diferenciam dos animais: nós podemos imaginar o que quiser em nossas mentes.

Porém, em razão da distração constante que a tecnologia trouxe para nossas vidas, cada vez mais estamos deixando de lado o ato de imaginar.

Pense um pouco e responda, com sinceridade, as seguintes perguntas:

  • Qual foi a última vez que você resolveu um problema sem consultar no Google ou no Youtube?
  • Quando foi que você resolveu uma coisa sozinho, apenas usando sua imaginação?

Faz tempo, não é?

O fato é que estamos terceirizando nossa capacidade de resolver problemas para ferramentas externas a nós, e a consequência disso é a perda significativa da nossa capacidade de sermos criativos.

Criatividade em muito se relaciona com esforço, muitas vezes, sem esforço inicial, nossa capacidade criativa fica empacada e não anda.

Por isso, um exercício poderoso que pode te ajudar a reverter nossa falta de imaginação é simplesmente se permitir a imaginar mais, a ver os problemas dentro de sua mente e procurar soluções dentro de si e não em fontes externas.

Portanto, se você quer ser mais criativo, da próxima vez que tiver um problema não corra imediatamente para internet em busca de uma solução, visualize o problema e imagine todas as formas possíveis de resolvê-lo por você mesmo.

Era exatamente assim que os problemas eram resolvidos no passado.

Quando não existia uma biblioteca inteira de textos, imagens, vídeos e tutorias na palma da nossa: a gente tinha que matutar, pensar, tentar e até mesmo errar muitas vezes antes de, finalmente, descobrir como resolver um problema ou criar alguma coisa.

Se você tornar essa exercício parte de sua vida diária, não vai demorar muito para que você aumente significativamente sua capacidade de ser criativo, pois seu cérebro sairá do modo “consultar tudo na internet” para “resolver por si mesmo”.

Portanto, deixei sua imaginação trabalhar diante dos problemas.

Técnica #3: Para ser criativo, aumente seu repertório e leia sobre tudo que puder

Como ser criativo leitura estimula criatividade.

Ler é uma das melhores formas de se tornar mais criativo.

Quando lemos um livro, não estamos apenas decodificando informações aleatórias escritas em um papel, estamos, na verdade, absorvendo todo o empenho e dedicação que o escritor colocou na obra, muitas vezes baseados em suas experiências pessoais mais profundas e poderosas.

Por isso, uma forma incrível de aumentar sua criatividade é ler a maior quantidade de livros que você puder, dos mais variados temas possíveis, inclusive. Quanto mais variados forem, melhor será para nossa criatividade.

Você pode até pensar que não existe sentido nenhum em dizer que ler um romance de literatura russa possa aumentar sua criatividade – alguns anos atrás, eu concordaria plenamente com isso –, contudo, ao pensar assim, você estará se limitando sob vários aspectos.

Quando lemos um livro, independentemente do gênero, nossa mente se expande um pouco mais. Isso acontece porque, quanto mais informações inteligidas temos dentro de nossas mentes, mais possibilidades de conexões neurais se tornam possíveis.

É como se, a cada livro lido, novas pilhas de conhecimento variados fossem adicionados ao nosso repertório de conhecimento.

Torna-se cada vez mais fácil fazer conexões entre diferentes temas a partir de informações obtidas em livros de gêneros absolutamente diferentes.

Fazendo isso, logo não será difícil começar a fazer conexões entre informações que você leu num livro de desenvolvimento pessoal com uma obra clássica, por exemplo, tornando-lhe não apenas mais criativo, mas também mais inteligente.

Portanto, se você quer ser mais criativo, tire pelo menos alguns minutos todos os dias para ler alguma coisa.

Não precisa ser um livro inteiro ou textos super difíceis, basta que você leia e aprenda sobre assuntos variados e que esteja aberto ao novo.

Conclusão

Embora seja difícil e requeira tempo e dedicação, tornar-se criativo não é algo impossível.

Todos temos a capacidade de sermos mais criativos, e, com as dicas de hoje, espero que você também possa dar um passo adiante para alcançar o nível de criatividade que deseja.

Porém, lembre-se sempre que o caminho para ser mais criativo não é uma jornada curta, é preciso persistir e buscar melhorar a cada dia um pouco mais.

Gostou do post de hoje?

Então deixe um comentário abaixo sobre o que achou e siga a gente nas redes socais para ficar sabendo que houver post novo por aqui 🙂

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
J.R. Dittman

9 thoughts on “Como ser criativo: aprenda a estimular sua criatividade do jeito certo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.