Sem ação, seu potencial não vale nada

Sem ação, seu potencial não vale nada

Muitas vezes nos esquecemos do poder transformador da ação e nos prendemos exclusivamente em nosso potencial.

Todavia, embora o potencial seja importante, pois nos mostra até onde podemos chegar, sem ação transformadora ele de nada vale.

Ação é, portanto, a força motriz que transforma potencial, talento e criatividade em algo tangível e útil.

Não à toa, muitas vezes a pessoa dedicada supera talentoso justamente por causa da insistência: a ação sempre derrota o potencial não trabalhado. Por isso, no post de hoje vamos falar sobre potencial, como identificá-lo, e, principalmente, como colocá-lo em ação transformadora.

O que é potencial?

Entendendo o que é potencial.

Em resumo, potencial é uma possibilidade.

É algo que pode se tornar realidade ou não no futuro.

Portanto, no momento presente, ele ainda não é nada, tampouco existe alguma certeza que será um dia.

O potencial serve unicamente para nos mostrar nossas possibilidades, em quais áreas somos mais talentosos, por exemplo.

Mas ele de nada servirá se não for trabalhado.

As pessoas só reconhecem aquilo que se materializa, aquilo que toma uma forma e se mostra ao mundo.

Por isso, o potencial por si só nada vale grande coisa.

Muitas pessoas, infelizmente, se deixam levar pelos seus potenciais, se apegam a algum fagulha de talento, mas nunca se propõem a trabalhar com dedicação neles.

E o resultado é óbvio: pessoas com potencial imenso não saindo da mediocridade eterna.

LEIA A SEGUIR: Os 10 mais poderosos Versículos da Bíblia para refletir e suas lições

Como transformar potencial em ação?

Aprendendo a transformação potencial em ação.

Ok, você sabe do seu potencial, sabe que tem talento para alguma coisa ou para várias, mas não sabe o que fazer a partir disso.

A primeira coisa é, sem dúvida alguma, introjetar em sua mente a ideia passada no tópico anterior: potencial é apenas uma possibilidade. Nada mais.

Portanto, desapegue-se da ilusão de que você pode viver de potencial.

De nada vale ter o potencial imenso para matemática, mas nunca se esforçar em estudar afundo sobre o assunto.

De nada vale ter uma habilidade extraordinária para esportes, mas não preferir não trabalhá-la.

Em segundo lugar, você deve escolher apenas um talento por vez e focar todas as suas forçar nele.

Eu sei que é muito difícil escolher apenas uma coisa, sobretudo se você talentos diversos, mas é preciso.

Dificilmente existem especialista em várias coisas por aí, o sucesso em alguma área geralmente vem do foco preciso em apenas uma coisa por vez.

Por isso, escolha aquilo que mais o agrada e foque nele.

Por último, mas não menos importante, você deve trabalhar para materializar o seu talento em algo tangível, algo que tenha valor.

Foque-se na palavra “materializar”, porque ela resume exatamente o que propormos aqui.

O potencial é a possibilidade, mas a materialização é a realidade.

Não existem aplausos para o potencial, mas apenas para o que existe.

Por que trabalhar nossos potenciais é importante?

A importância de trabalhar seu potencial.

É muito comum pensar que nossos potenciais e talentos não são coisa muito importante, que o importante é ganhar dinheiro.

Porém, muito se engana quem penso assim.

Quando exploramos nossos potenciais, temos a possibilidade de alcançar os patamares mais altos em nossas vidas.

Em suma, negligenciar nosso potencial é enterrar nossos talentos (parafraseando a famosa parábola dos talentos narrada na Bíblia).

Aliás, aqui no Blog tem um artigo completo sobre fazer o que gosta ou que dá dinheiro, confere lá 😉

Portanto, dar oportunidade de nossos potenciais crescerem é importante porque, através deles, encontramos a nós mesmos.

Por mais difícil que seja, insista em seu potencial, trabalhe duro para transformá-lo em algo tangível e a felicidade virá logo em seguida.

Quando é válido desistir de um potencial?

Quando desistir de um potencial.

Seria maravilhoso se nunca errássemos e nossas primeiras tentativas resultassem sempre em sucesso.

Infelizmente a realidade é outra.

Nossas escolhas podem ser erradas, podemos escolher bem e nos arrepender depois, etc.

Se você começou na profissão errada, se você desistiu de algo que tinha muito talento e agora quer recomeçar: ainda há tempo de mudar.

Mas como saber se eu devo desistir de um potencial e partir para outro?

Existem algumas coisas que nos dão sinais de que devemos reavaliar nossas vidas e tomar novas decisões:

  • Você não consegue se entregar ao que faz hoje;
  • Você pensa constantemente como seria fazer outra coisa;
  • A paixão pelo que você faz esfriou por completo;
  • Você acha que seria feliz fazendo outra coisa.

Esses são apenas alguns dos sinais que servem de alerta, mas não significa que você deve tomar qualquer decisão precipitada sobre sua vida ou carreira.

Pelo contrário, a partir de agora, entendendo melhor seus sentimentos, comece a avaliar novas possibilidades.

Experimente coisas novas, descubra novas habilidades e, quando se sentir preparado, faça as mudanças que deseja.

Conclusão

Potencial é nossa possibilidade de sermos algo, de criarmos algo para a sociedade e, por isso, jamais devemos negligenciá-lo.

Porém, sem a ação, nosso potencial em nada se transforma.

É preciso focar no potencial que você mais deseja e trabalhar duro para materializar toda sua capacidade.

Negligenciar seu potencial por medo, preguiça ou qualquer outro vício só lhe trará infelicidade no longo prazo.

Por isso, foque na ação, na transformação e todo resto virá como consequência.

Gostou do post de hoje?

Então deixe nos comentários abaixo o que você achou e compartilhe esta mensagem para que mais pessoas aprendam a importância de desenvolverem seus potenciais. 😊

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
100 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
J.R. Dittman

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.