O que é produtividade tóxica e como identificá-la

O que é produtividade tóxica e como identificá-la

Ser produtivo e comprometido com o desenvolvimento pessoal é algo louvável, mas há também o lado obscuro da história: a produtividade tóxica.

O termo vem ganhando cada vez mais destaque, sobretudo em razão dos surtos de burnout que se tornaram cada vez mais comuns.

Ser produtivo é algo positivo, mas pode tornar-se algo negativo.

Por isso é importante entender o que é a produtividade tóxica e quais são os sinais de que ela já está presente em sua vida.

Produtividade deve ser sinônimo de conquistas e não de retrocessos em nossas vidas.

O que é produtividade tóxica

Mulher descobrindo o que é produtividade tóxica.

Embora possa parecer algo complexo, produtividade tóxica é a cultura de elevar a produtividade acima do seu bem estar geral.

Em suma, quando vilipendiamos nossa saúde, desejos e personalidade em razão da produtividade, já estamos sendo tóxicos.

Portanto, produtividade tóxica é a subversão do conceito da produtividade em razão do extremismo.

Ser produtivo, em seu ideal originário, é algo bom, simples, objetivo e melhora seu bem estar.

A produtividade tóxica faz o contrário disso: deixa-o infeliz, culpado e se sentindo incapaz por não atingir metas.

Assim, a busca da produtividade sadia é algo positivo, mas quando ultrapassamos certos limites, essa busca torna-se tóxica.

Aliás, se você quer saber mais sobre produtividade positiva, aqui no Blog tem um artigo inteirinho sobre isso, confere lá 😊

Como identificar se você está sendo o produtivo tóxico?

Pessoas aprendendo a identificar produtividade tóxica.

Mais importante do que saber o que é produtividade tóxica, precisamos saber QUANDO estamos sendo tóxicos ou não.

Muitas vezes estamos tão tomados com a ideia de produtividade que nos deixamos levar pela rotina e percebemos quando passamos dos limites.

Na verdade, é certo que a maioria das pessoas que são produtivos tóxicos não sabem que adotam esse comportamento.

Só percebem que há algo errado quando têm crises de pânico, ataques de ansiedade ou até mesmo sofrem de burnout.

Por isso, a seguir listaremos três sinais de que você pode estar sendo um produtivo tóxico, mas ainda não percebeu.

Sinal #1: Você coloca sua produtividade acima de sua saúde

Você deixou de ir à academia porque tomava muito tempo?

Você passou a comer mal para ter mais tempo para trabalhar?

Sua saúde mental não é mais a mesma?

Se você deixou de cuidar de sua saúde em algum momento por causa do seu desenvolvimento pessoal, isso é sinal claro de que você já pode ter caído na cilada da produtividade tóxica.

Saúde é o nosso bem mais importante e, quando a vilipendiamos em razão de uma suposta produtividade, é sinal de algo está errado.

Ser produtivo (em sentido positivo) significa melhorar-se todos os dias em busca dos seus sonhos.

Portanto, não inclui o desleixo, a falta de cuidados pessoais ou qualquer forma de anulação físico ou mental.

Sinal #2: Seus relacionamentos ficaram abalados

Outro sinal importante para avaliarmos se nossa busca pela produtividade tornou-se tóxica é analisando nossos relacionamentos.

Você perdeu amigos por causa do trabalho?

Você nega sair, conversar e se divertir para ser mais produtivo?

As pessoas dizem constantemente que você “sumiu”?

Esses são sinais importantes de que você pode estar negligenciando sua vida social e relacionamentos.

Somos seres sociais, o contato humano nos faz bem, melhora nosso humor e saúde geral, negar isso a você faz mal.

Além disso, nenhum desenvolvimento pessoal positivo tem fim em si mesmos: buscamos melhorar para ajudar nossa família, para sermos bons pais, bons amigos, etc.

Avalie seus relacionamentos atuais e volte a priorizá-los se você deixou de fazê-lo.

Ser produtivo não é sinônimo de solidão ou extremismo.

Sinal #3: Seu desenvolvimento pessoal o deixa constantemente triste

A finalidade do desenvolvimento pessoal é torná-lo alguém melhor, melhorando-o todos os dias um pouco mais.

Portanto, seu sentimento em relação à produtividade deve ser positivo e revigorante.

Algo que te faz bem e não que o desmotiva.

Se, pelo contrário, pensar em desenvolvimento pessoal o deixa triste e melancólico, então temos um sinal claro de produtividade tóxica.

Como pode algo que supostamente serve melhorá-lo deixá-lo constantemente triste?

São duas coisas diametralmente opostas.

Avalie seus sentimentos sobre seu desenvolvimento pessoal rotineiramente e veja se eles não se tornaram negativos.

Repense e dê um passo atrás sempre que houver sinais de que você ultrapassou os limites da toxicidade.

Produtividade tóxica e Burnout

Nos últimos tempos – felizmente –, passamos a discutir mais sobre outro problema ligado à produtividade tóxica: o burnout.

O termo inglês pode parecer complexo, mas significa, simplesmente, um estado exaustão total causado pelo excesso de trabalho.

Entramos em burnout quando ignoramos todos os sinais de que deveríamos parar e descansar, mas não o fazemos.

Produtividade tóxica e burnout andam lado a lado, portanto.

A produtividade tóxica nada mais é do que uma das VIAS para o burnout e, embora não seja a única, é uma das mais perigosas.

Imersos na ideia de ser produtivo a todo custo é algo bom, muitas vezes não vemos a burnout se aproximando e somos pegos de surpresa.

Desse modo, embora não seja a única causa, vigiar nossa relação com a produtividade é um meio altamente eficaz de evitar o burnout.

Conclusão

Ser produtivo é algo bom, mas o extremismo pode tornar sua jornada em algo tóxico e danoso à sua saúde.

Esteja sempre atento os sinais de produtividade tóxica e não tenha medo de dar um passo atrás sempre que precisar.

Antes da nossa produtividade vem a nossa saúde, paz de espírito e alegria.

Se essas coisas deixaram de existir, é preciso repensar sua jornada de desenvolvimento.

Lembre-se sempre: a sua produtividade NUNCA deve ficar acima do seu bem estar pessoal.

Gostou do post de hoje?

Então deixe nos comentários abaixo sua opinião sobre o assunto 😉

Confira também nosso canal no YouTube e conheça mais sobre nosso trabalho!

======================

Escrito por J.R.

Gostaria de ter um artigo como este em seu blog ou site? Você pode me contratar como REDATOR. Saiba mais sobre isso CLICANDO AQUI!

***Todas as informações e ideias contidas neste site, bem como seus artigos, são protegidas por direitos autorais e não podem ser plagiadas ou reproduzidas sem a expressa autorização do Autor.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
J.R. Dittman

One thought on “O que é produtividade tóxica e como identificá-la

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.