Como usar o Trello para acabar com a procrastinação

Como usar o Trello para acabar com a procrastinação

A procrastinação é o maior vilão da produtividade.

Ela rouba seu tempo, impede que seus projetos andem e consome todo o tempo que você deveria estar usando para produzir.

Por isso, estar preparado com as melhores estratégias antiprocrastinação (e acredite, o hábito de procrastinar nunca é eliminado de uma vez por todas) é a melhor coisa que você pode fazer para evitar que ela detone seu dia.

Durante muito tempo, eu tentei lidar com a procrastinação apenas usando a força de vontade (e isso quase nunca funcionava), até eu tomar conhecimento de um aplicativo que mudaria completamente minha vida: o Trello.

O que é o Trello?

Homem em dúvida sobre o que exatamente é o Trello.

O Trello é um aplicativo simples, mas, ao mesmo tempo, muito poderoso, que te ajuda a organizar e detalhar suas tarefas.

Ele é sem dúvida um dos aplicativos mais usados atualmente por vários tipos de profissionais que querem aumentar a produtividade e organizarem suas vidas pessoais e profissionais.

Não à toa, o app é altamente recomendado e elogiado nas lojas online onde é possível baixá-lo de graça.

Além disso, ele também oferece inúmeros recursos extras que facilitam sua vida de uma maneira que você nunca imaginou antes.

Vou listar aqui somente alguns deles (os que eu mais uso e gosto):

  • Calendário: eu uso sempre para marcar meus compromissos, e eles mandam um e-mail quando tá pertinho da hora do compromisso (isso é realmente fantástico, praticamente fica impossível perder um horário);
  • Tem integração app-web: outra coisa que eu também adoro é a integração da plataforma web com o app. Eu trabalho o dia todo no computador, então é muito bom não ficar limitado ao celular para olhar minhas tarefas;
  • É muito fácil de usar: você só tem que criar sua área de trabalho, catalogar suas tarefas e começar a usar como quiser;
  • É simples: procrastinadores muitas vezes usam de coisas complexas para atrasar ainda mais suas atividades, quanto mais simples uma coisa, mais objetiva e funcional ela é;
  • Funciona simplesmente arrastando: eu realmente adoro isso. É muito prático e simples jogar uma tarefa de uma coluna par outra quando concluo alguma coisa.

Essas são só os recursos que eu mais gosto, pois o app é realmente recheado de recursos que eu teria que escrever um livro só para falar e todos.

Porém, o que eu quero que você saiba é que, se você procura uma forma de organizar suas tarefas + deixá-las prontas para que você entre em ação imediatamente, então definitivamente o Trello é para você.

Por que eu comecei a usar o Trello?

Eu sempre fui um procrastinador crônico – inclusive eu já escrevi um post inteiro aqui no blog contando sobre isso em detalhes.

Por isso, eu sempre estive à procura de alguma coisa que pudesse me ajudar de verdade com melhor problema de procrastinação.

Confesso que, a princípio, eu sempre tive uma certa relutância em usar apps que pudesse me ajudar com isso (eu sempre achei que dava para organizar tudo apenas com a força de vontade).

O resultado disso é que eu nunca conseguia manter a constância em nenhum dos meus planos. Em algum momento, eu voltava a procrastinar e aquilo me desanimava demais.

Foi então que eu ouvi falar do Trello, por acaso.

De início eu realmente achei que não funcionaria. Relutei, mas resolvi dar uma chance e baixei o app no meu celular.

Eu meio que estava quase jogando a toalha, não estava mais com saco para aguentar mais uma “recaída”, de perder horas e horas trabalhando em algo que, no final, não se transforaria em nada concreto porque eu logo o abandonaria.

Mas realmente confiei que daquela vez seria diferente.

E realmente foi.

Como eu configuro e uso o Trello?

Eu uso o Trello da maneira mais simples possível.

Eu configurei uma área de trabalho simples e uma área de atividade chamada “Work”, que não incluiu só coisa de trabalho, mas de afazeres domésticos, compromissos, encontros, tudo MESMO.

E desse local existe, de maneira bem simples, três colunas:

  • A fazer: são todas as coisas que eu preciso fazer naquela semana. Então eu vou simplesmente colocando tudo que eu tenho que fazer ali (e, se for preciso, colocando uma data específica para ela também);
  • Fazendo: eu “arrasto” para essa coluna a tarefa que eu estou realizando no exato momento. É o meu “presente”. Isso é ótimo para que você não fica alternando entre tarefas (e acabando com sua produtividade), e eu só passo para uma nova tarefa quando concluo tudo que tinha para fazer.
  • Concluído: é onde ficam as tarefas já realizadas. Eu limpo essa coluna semanalmente, porque eu gosto de organizar minhas atividades assim, mas nada impede que seja diariamente, mensalmente ou na periodicidade que você quiser. Ah! Tem uma opção específica de “arquivar todos os XXXX dessa coluna” maravilhosa que você não precisa ficar arquivando um por um.

Como eu disse, eu sou um procrastinador crônico e, por isso, eu tento manter tudo no mais simples e prática possível. O que me impede de ficar procrastinando à toa com recursos que não são necessários para mim (mas talvez seja para você, por isso não se esqueça de explorar todos os recursos do app!).

É mais ou menos assim que eu configuro meu Trello, tudo bem simples e prático:

Exemplo de workplace do Trello.

Além disso, eu também uso o Trello para não perder ideias.

Eu sei que até mesmo não é bem a proposta do app, mas ele me serve MUITO BEM para isso.

Quando se trabalha com escrita, ideias são tudo. Todas as postagens desse blog começaram como uma simples ideia.

Porém, ideias se perdem facilmente se você não achar uma maneira fácil e rápida de registrá-las imediatamente.

Por isso eu também criei, em minha área de trabalho, um workplace (lugar que aglomera vários quadros), chamado Ideias, e lá eu coloco todas as ideias para postagens, de negócios, de projetos, toda e qualquer nova ideia minha vai para lá.

E desde então eu não tenho perdido UMA IDEIA SEQUER.

Então, se você também trabalha com a criatividade, usar o Trello para essa função “especial” também pode ser algo que você deve considerar.

Meus resultados usando o Trello?

Resultados obtidos com o Trello.

O Trello ajudou minha procrastinação?

Bem, se você estiver lendo este blog, certamente me ajudou e muito.

Isso porque eu procrastinei a criação desse blog por anos, a ideia sempre esteve presente mais faltava colocar tudo em perspectiva, organizar exatamente como tudo iria funcionar, e foi o Trello que me ajudou a fazer as coisas andarem de uma vez por todas.

Isso que eu acho o mais legal: poder ver suas tarefas parte por parte, colocando e finalizando cada uma delas e ver o projeto planejado saindo do papel, tornando-se algo real. O Trello me ajudou MUITO com isso.

Para pessoas procrastinadoras isso funciona ainda melhor, porque nós precisamos de um auxílio extra para visualizar melhor o futuro.

Não é fácil para nós arranjar a força de vontade para trabalhar sem ver algo no horizonte, e o Trello definitivamente ajuda muito com isso.

Além do blog, desde que eu passei a usar o Trello diariamente, eu diria que minha vida inteira mudou para melhor, não só em relação ao trabalho.

Eu costumava ser do tipo que se atrasava para compromissos, deixava tudo para amanhã (eu procrastinei pegar minha CNH definitiva por quase nove meses, mas então comecei a usar o Trello numa segunda-feira e na terça já tinha resolvido esse problema).

Usar um app tão poderoso como o Trello funciona como ter um “norte” em sua vida, você não fica com aquele sentimento de “o que eu tenho que fazer agora mesmo?”, você já sabe o que tem de fazer e se não sabe, basta consultar seu app e vai estar tudo que você precisa fazer.

Então, eu diria que meus resultados com o Trello superaram e muito qualquer coisa que eu pudesse esperar. Na verdade, ele se tornou uma ferramenta indispensável na minha vida hoje e, por isso, eu o recomendo para qualquer um que me pergunte sobre como melhorar a produtividade no dia a dia.

Conclusão: vale a pena usar o Trello?

A reposta curta e direta é um sonoro SIM, vale MUITO a pena.

O Trello é hoje para mim uma ferramenta indispensável. Ele funciona como o centralizador de todas as minhas atividades, tarefas, ideias, tudo mesmo.

Quando eu acordo ou tenho uma nova ideia, meu pensamento automático é “preciso olhar ou colocar isso no meu Trello”.

Isso não é à toa, o Trello realmente conseguiu suprir uma necessidade que eu sempre tive de organização, mas que nunca conseguir pôr em prática com nenhuma outra ferramenta.

A facilidade, para mim, é o maior diferencial.

Eu não preciso gastar longas horas programando horários, especificando nada de maneira fixa – isso acaba com qualquer chance de ser produtivo quando se trata de um procrastinador –, é tudo do meu jeito, da forma com que eu me sinto melhor.

Por isso, eu recomendo MUITO que vocês também experimentem o Trello, testem por si mesmos o que essa ferramenta incrível pode fazer.

Além disso, o Trello é um app absolutamente grátis – embora também haja a versão paga, caso prefira –, e que certamente irá te ajudar de várias formas diferentes a lidar com a procrastinação, melhorando de uma vez por todas nossa produtividade.

Gostou do post de hoje?

Então deixe nos comentários abaixo o que achou e siga a gente nas redes socias para ficar sempre ligado quando houver nova postagem aqui no blog 😉

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
J.R. Dittman

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.