Pular para o conteúdo

Minimalismo Digital na Prática: 5 Dicas Essenciais

Imagem mostra uma pessoa usando o computador. Trata-se de uma imagem de chamada para aprender a colocar o minimalismo digital na prática.

O minimalismo digital é o estilo de vida que nos introduz à ideia do gerenciamento do uso de celulares, tablets e redes sociais, visando reduzir ao máximo os possíveis danos de uma superexposição a uma quantidade irrestrita de tecnologia. Porém, a pergunta que fica é: como colocar o minimalismo digital em prática?

A pergunta é válida, uma vez que a maioria das pessoas ainda não estão familiarizadas por completo no tema do minimalismo digital e, embora colocá-lo em prática não seja nenhum bicho de sete cabeças, é preciso ter o conhecimento adequado para fazer isso do jeito certo.

Compreendendo as melhores formas de fazer isso, gerenciar a tecnologia passará a ser uma parte da sua rotina, melhorando sua saúde mental e reduzindo a quantidade de “ruído digital” em sua vida.

Por isso, neste artigo você vai conhecer as 5 maneiras mais eficientes de como colocar o minimalismo digital em prática do jeito certo!

1. Reduza a quantidade de aplicativos (apps) de seu celular

Os aplicativos de celular definitivamente já fazem parte das nossas vidas!

Eles facilitam nossas vidas e nos auxiliam a executar diversas tarefas que antes eram bem mais custosas, lentas e poucos eficientes.

Mandar mensagens, assistir um vídeo importante, fazer uma videochamada.

Os aplicativos nos permitem fazer tudo isso com apenas alguns cliques e tudo isso muitas vezes de graça ou custando muito pouco.

Porém, nem tudo são flores.

Do mesmo modo que os aplicativos têm o poder de facilitar nossas vidas, eles também podem ser uma fonte de distrações constantes que acabam por minar sua produtividade e seu foco.

Os desenvolvedores otimizam os apps para que capturem sua atenção e mantenha você usando o aplicativo deles pelo máximo de tempo possível e, por isso, um dos efeitos mais comuns que podemos observar são as famosas notificações tomam conta dos nossos dispositivos.

Entretanto, há uma solução simples para esse problema: eliminação dos aplicativos desnecessários e não mais úteis e gerenciamento das notificações.

A lógica é simples, se você mantiver em seu celular apenas os aplicativos que realmente são úteis e que você usa com regularidade, as notificações desses aplicativos provavelmente serão relevantes para você.

Além disso, é possível fazer um gerenciamento das notificações nas configurações do seu telefone, permitindo apenas o aparecimento das notificações mais importantes.

Portanto, se você quer ver o minimalismo digital na prática em sua vida, o primeiro passo é começar a reduzir e gerenciar os aplicativos que mantém em celular.

Aliás, se você quiser saber tudo sobre Minimalismo Digital, aqui no Blog tem um Guia de Iniciantes completo sobre o tema: O que é Minimalismo Digital: Significado e Guia para Iniciantes.

2. Mantenha sua caixa de e-mails limpa

Se você é como a maioria das pessoas por aí, neste momento sua caixa de e-mail deve conter centenas ou talvez milhares de e-mails não lidos, mensagens de spam e conteúdos promocionais.

Não se sinta mal por isso, literalmente esse é o padrão!

Apesar de parecer inofensivo manter uma caixa de e-mails lotada, a verdade é que esse hábito contribui para a formação do chamado “ruído digital” em sua vida: uma massa de informações desorganizadas que tiram seu foco e minam sua produtividade diariamente.

A quantidade de e-mails acumulados também atrapalha bastante quando precisamos encontrar uma mensagem específica que alguém nos enviou.

Torna-se uma verdadeira jornada buscar algo específico em meio a milhares de e-mails dos mais variados tipos – e isso toma nosso tempo e torna nossa vida digital bem mais estressante.

Mas o problema do excesso de e-mails pode ser facilmente resolvido com a introdução de uma rotina de limpeza de mensagens.

De início pode parecer chato, mas depois isso vira um hábito (e esse é o objetivo mesmo!).

Eis um “protocolo” simples que você pode seguir a partir de agora:

  • Escolher um dia da semana para fazer uma “limpeza de e-mails” e excluir tudo que é desnecessário;
  • Cancelar sua inscrição em sites que enviam e-mails promocionais diariamente;
  • Configurar seu serviço de e-mail para excluir automaticamente as mensagens de spam e promocionais depois de um determinado período;
  • Arquivar as mensagens importantes em pastas específicas para facilitar a busca por elas quando necessária.

Como se vê, essas são dicas simples, fáceis e extremamente rápidas de serem implementadas, mas são extremamente eficientes em resolver o problema da caixa de e-mails lotada daqui em diante.

Por isso, se você quer colocar um minimalismo digital na prática em sua vida, comece agora mesmo a implementar uma rotina de gerenciamento das suas mensagens de e-mail.

Quanto antes você puder essas dicas em prática, mais rápido você verá os resultados em sua vida diária!

3. Salve arquivos importantes em HDs externos ou na Nuvem

Nem todos os arquivos que mantemos em nossos dispositivos (celular, tablet, computador) podem ser eliminados.

Por diversas razões, às vezes precisamos mantê-los em um local seguro por um muito tempo. Por isso, nem sempre a opção de eliminar os arquivos pode ser aplicada.

Porém, procedemos de maneira errada na hora de lidar com esse tipo de arquivo também!

A maioria das pessoas acaba por manter esses arquivos espalhados em diversas pastas no computador, por exemplo, sem nenhum tipo de organização ou gerenciamento.

Porém, isso é um erro grave por dois motivos:

  • Se o dispositivo der algum problema, você perde tudo.
  • Esses arquivos podem ser excluídos ou mesmo “perdidos” ou mesmo hackeados de alguma forma.

Portanto, é preciso atenção na hora de gerenciar esse tipo de arquivo importante, e a melhor forma de fazer isso é transferindo-os para um HD externo ou para uma Nuvem.

A primeira opção – transferência para HD externo –, é a opção mais simples e básica, e também é eficiente porque você mantém o controle físico de onde esses arquivos estarão, mas infelizmente problemas com o hardware do HD externo também são possíveis.

Já a segunda opção – usar o serviço de um Nuvem –, é uma opção extremamente segura. Grandes empresas mantêm servidores poderosos em diverso locais do mundo e “alugam” um espaço digital, geralmente com sistemas de backup e segurança anti-invasão.

Seja qual for a opção escolhida, ambas são ações simples, mas que garantem redução do ruído digital no seu dispositivo, sendo a melhor alternativa para lidar com esse tipo específico de arquivo, além de mantê-lo em um local seguro e acessível.

Portanto, se seu objetivo é ver o minimalismo digital na prática, começar a salvar seus arquivos em locais seguros é uma ação inteligente e eficiente que vai tornar sua vida digital muito mais simples.

4. Determine um horário de uso para os dispositivos digitais

Outra forma muito eficiente de se evitar o abuso no uso dos dispositivos digitais, implementando de vez o minimalismo digital em sua rotina, é através do gerenciamento do tempo que despendemos utilizando a tecnologia diariamente.

Em outras palavras, é preciso determinar LIMITES para o uso da tecnologia, fixando horários certos e precisos sobre quando podemos usar nossos dispositivos.

É certo que a maioria das pessoas não faz nenhum tipo de controle sobre quanto tempo passam online, e exatamente por isso que elas desperdiçam tanto tempo online.

Segundo as pesquisas mais recentes, o brasileiro médio gasta mais de seis horas por dia online. Isso é muito tempo!

A falta de limites claros também é determinante para o vício nas redes sociais, insônia e até mesmo crises de ansiedade.

Aliás, um dos benefícios de se adotar o Minimalismo Digital é a redução dos níveis de estresse. Aqui no Blog já temos um artigo completo sobre isso: 5 Benefícios do Minimalismo Digital para sua Vida.

Uma forma simples de começar a controlar o tempo que você gasta usando tecnologia diariamente é determinar momentos específicos onde fica estritamente proibido o uso de qualquer dispositivo digital.

Por exemplo:

  • Não usar celular enquanto conversa com alguém;
  • Desconectar-se completamente a partir das 22h00 (ou num horário que você achar melhor);
  • Evitar usar redes sociais nos finais de semana, preferindo aproveitá-los em coisas reais.

Essas são atitudes extremamente simples, mas que podem trazer grandes benefícios ao longo prazo.

É justamente nos momentos de descanso que mais tendemos a usar a tecnologia e, ao determinarmos horários específicos para ficarmos “off”, nosso controle sob a tecnologia se torna bem maior.

Por isso, um ótimo primeiro passo para colocar o minimalismo digital em prática é através da determinação de horários específicos para o uso de dispositivos digitais e tecnologia no geral.

5. Suas conexões reais valem mais do que sua vida digital

Um dos erros mais graves que as pessoas cometem na era da tecnologia é colocarem as pessoas e situações reais abaixo da tecnologia.

Cada vez mais, pessoas preferem passar horas e horas online, conversando à distância, do que terem contato real com amigos e familiares como era comum no passado.

Isso evidencia que a imersão no mundo digital 24 por dia está fazendo com as pessoas percam a noção do que realmente vale a pena.

Não estamos sugerindo que você menospreze sua vida digital (mais uma vez: ela é essencial nos dias atuais), mas você pode e deve tomar atitudes simples para que ela (sua vida digital) não se torne a prioridade número um de sua vida.

Uma forma simples de conciliar ambas as coisas é otimizando seu tempo online para despender o mínimo de tempo possível com a tecnologia, de modo a sobrar mais tempo para a vida real.

Por exemplo, você pode tomar as seguintes atitudes:

  • Definir um horário específico para responder a todos os seus e-mails e mensagens (e depois disso não ficar checando a cada 5 minutos);
  • Definir um dia da semana para encontrar amigos e familiares pessoalmente e não ficar apenas na troca de mensagens;
  • NUNCA deixar que sua vida digital sobreponha sua vida REAL. Nunca!

Essas atitudes devem ser tomadas de maneira rotineira, com objetivo de que se transformem em hábitos no longo prazo.

Como dito, o minimalismo digital é um estilo de vida e, portanto, a ideia é que essas atitudes se tornem parte do seu modo de viver e de sua personalidade daqui em diante.

Por isso, se você quer colocar o minimalismo digital em prática na sua vida, entenda de uma vez por todas que a tecnologia deve ser mera ferramenta, jamais estando acima de suas conexões reais e das pessoas com quem você compartilha a vida.

6. Notas finais

O minimalismo digital é algo novo e, por isso, pode assustar num primeiro momento, sobretudo porque propõe uma verdadeira transformação no modo como usamos a tecnologia.

Porém, essa filosofia de vida tem uma base sólida por trás dela, capaz de revolucionar o modo como lidamos com a tecnologia, de modo a promover uma melhora significativa em nossas vidas.

Colocá-la em prática, como visto ao longo deste artigo, não é tarefa fácil, mas definitivamente precisamos ser mais intencionais no uso da tecnologia, definindo claramente quais dispositivos digitais devem permanecer e como devemos usá-los.

E, com as atitudes simples explicadas aqui, a partir de agora você já tem todo o conhecimento necessário para dar início à sua jornada de ver o minimalismo digital na prática em sua vida!

Caso você queira conferir um vídeo completo o tema do Minimalismo Digital, em nosso canal no YouTube já tem um vídeo completo sobre o assunto.

Gostou do nosso artigo de hoje?

Então compartilhe nas suas redes sociais e comente abaixo o que você acha do Minimalismo Digital!

Escrito por J.R.

***Todas as informações e ideias contidas neste site, bem como seus artigos, são protegidas por direitos autorais e não podem ser plagiadas ou reproduzidas sem a expressa autorização do Autor

Happy
0 0 %
Sad
0 0 %
Excited
0 0 %
Sleepy
0 0 %
Angry
0 0 %
Surprise
0 0 %

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile