Morar no interior: vantagens e desvantagens

Morar no interior: vantagens e desvantagens

Cada vez mais pessoas estão cogitando a hipótese de irem morar de vez no interior em razão da vida difícil nas grandes cidades.

Violência, trânsito, aglomerações, custo de vida mais alto…

Quem vive em cidade grande enfrenta diariamente inúmeros problemas que são inerentes à vida nas cidades: e não há como escapar disso.

Porém, apesar dos benefícios aparentes, ainda está em dúvida se vale ou não a pena ir viver no interior?

Não tem problema.

No post de hoje vamos falar algumas vantagens incríveis, mas também cinco desvantagens de morar no interior que vão lhe ajudar a decidir de vez.

Vamos nessa? 😉

As vantagens

Homem e mulher descobrindo as vantagens de viver no interior.

Inúmeras são as vantagens de viver no interior, mas você sabe todas elas?

A seguir nós listamos 10 (dez) vantagens que existem para quem decide viver no interior que você não pode ficar sem saber.

Vantagem 1: menos violência

Uma das principais vantagens de se morar no interior é, sem dúvida, a violência reduzida quando comparamos com as grandes cidades.

A lógica é simples: é nas cidades de grande porte que passam os grandes fluxos de dinheiro, por isso é onde a violência tende se concentrar.

Além disso, a desigualdade social, fator decisivo para os índices de violência, no interior costuma ser menos acentuada.

Obviamente, existe também violência nas cidades do interior (não há lugar do mundo onde não há), porém ela é menos corriqueira e especializada.

Por isso, se você quer uma vida com menos violência, morar no interior pode ser decisão mais sensata para você.

Vantagem 2: os serviços públicos funcionam

Filas intermináveis, burocracia e exames que demoram meses ou até anos para serem marcados: esse costuma ser o resumo dos nossos serviços públicos.

Nas cidades grandes, principalmente, esse problema costuma ser ainda mais acentuado.

O grande número de pessoas requisitando os serviços gera uma demanda que o sistema não consegue absorver.

E resultado disso são os problemas que ouvimos diariamente nos jornais.

Porém, nas cidades do interior, os serviços públicos tendem a funcionar razoavelmente bem (acreditem ou não).

As filas são menores, as prefeituras lidam com menos pessoas, e, por isso, os serviços são prestados com bem mais eficiência.

No último ano, por exemplo, eu fiz uma série de exames especializados que não demoraram mais que algumas semanas: tudo pelo SUS, tudo absolutamente grátis.

Vantagem 3: menos trânsito

Duas horas para ir e mais duras horas para voltar todos os dias: essa a realidade de milhares de pessoas que vivem nas grandes cidades.

As grandes distâncias dentro delas faz com que as pessoas precisem se deslocar muito para chegarem aos seus locais de trabalho.

Soma-se a isso a precariedade do transporte público e o uso do transporte próprio e estão reunidos os elementos para o desastre.

Durante um ano, são literalmente dias perdidos no trânsito.

Porém, no interior as coisas são diferentes.

As pequenas distâncias e quantidade menor de carros faz com o que trânsito no interior seja bem mais tranquilo.

Não é nada incomum precisar não mais do que cinco minutos para se estar no trabalho nas pequenas cidades.

Isso faz você economizar tempo e melhora sua qualidade de vida.

Vantagem 4: vida mais saudável

Você tem noção de quantos esportes ao ar livre podem ser praticados facilmente numa cidade do interior?

Muitos: corrida, caminhadas, ciclismo…

Praticar esportes fica bem mais fácil morando no interior.

Você não precisa entrar num carro para ir a uma academia, dá pra simplesmente caminhar até um parque e se exercitar, por exemplo.

Além disso, como a zona rural está mais próxima, programar uma trilha ou uma pedalada é bem mais fácil.

Você pode fazer parte de grupos de ciclismo, trilha, caminhada que se reúnem sempre para se exercitarem.

É comum, também, que a alimentação no interior seja mais saudável.

Os pequenos produtores, que produzem comida orgânica estão bem mais próximos (nas feiras, por exemplo), isso facilita a adesão a uma dieta com menos comida industrializada, por exemplo.

Por isso, morar no interior é sinônimo de uma vida mais saudável.

Vantagem 5: menos estresse

Horas para chegar ao trabalho.

Poluição de todos os tipos (sonora, ambiental, visual, etc).

Custo de vida altíssimo.

Violência que aumenta constantemente.

Como não viver estressado estando nessas condições?

As condições reunidas nas grandes cidades atualmente são perfeitas para que o estresse tome conta da sua vida.

Embora haja mais distrações, o bombardeio de fatores estressantes supera qualquer uma delas, tornando a vida cansativa e pouco saudável.

Infelizmente, esses fatores estão fora da sua linha de ação e você nada pode fazer para eliminá-los.

Viver em cidade grande é lidar com altas cargas de estresse diariamente.

Vantagem 6: custo de vida mais baixo

O poder aquisito tende a ser maior nas grandes cidades.

Por isso, quando há algum problema de inflação ou de alta de preços, as cidades de maior porte tendem a sofrer mais do que as do interior.

Além disso, boa parte dos produtos alimentícios são produzidos no interior e, para chegarem às cidades grandes, precisam ser transportados.

Esse valor é agregado ao valor final do produto.

Porém, no interior, muitas vezes, esse valor agregado é bem menor, o que resulta em preços mais acessíveis.

Há também fatores tributárias mais brandas no interior, que contribui para aluguéis mais baixos, escola particular mais barata, etc.

Aliás, se você está quer aprender a investir pouco dinheiro, aqui no Blog tem um artigo sobre isso.

Portanto, o custo de vida mais baixo é uma das principais vantagens de se mudar definitivamente para o interior.

Vantagem 7: vida discreta

Anda cansado da superexposição das cidades grandes?

Falta de privacidade nos prédios abarrotados?

Tudo isso é bem menos recorrente nas cidades do interior.

Você pode viver uma vida mais “discreta”, escondida, sem precisar se mostrar tanto quanto acontece nas cidades grandes.

Aliás, as cidades do interior são perfeitas caso você seja adepto de um estilo de vida Low Profile, e aqui no Blog tem um artigo inteirinho sobre isso, confere lá 😉

Muitas vezes é preciso esquecer o passado, e não há lugar melhor para fazer isso do se refugiando de vez na discrição das cidades do interior.

Vantagem 8: tranquilidade

Esse é provavelmente uma das principais vantagens da vida no interior.

Tranquilidade é o que não falta nas cidades do interior.

A vida passa mais devagar.

As pessoas conversam mais.

A gente sabe quem são nossos vizinhos.

Tem uma padaria bem pertinho de casa.

São essas coisas simples que mais atraem as pessoas de volta para interior (ou atraem pela primeira vez quem nunca viveu nelas).

Nas cidades grandes, infelizmente, ter uma vida tranquila tornou-se praticamente impossível.

O corre-corre das pessoas esmagou a tranquilidade da vida.

Por isso, se você quer aproveitar a tranquilidade, morar no interior é o seu destino.

Vantagem 9: é um ótimo lugar para criar filhos

Já viu alguém falando sobre sua infância no interior?

Eles sempre relatam como as coisas foram maravilhosas e tranquilas.

E tem muita verdade nisso (não é só nostalgia).

A conjunção de fatores faz com que a vida no interior seja bem melhor na hora de criar filhos.

Menos violência dá liberdade para as crianças irem mais para rua.

Menos estresse melhora o relacionamento de paz e filhos.

O custo de vida mais baixo permite investir mais na criação deles.

Tudo na vida no interior contribui para que seus filhos tenham uma ótima infância e se tornem adultos mais felizes no futuro.

Vantagem 10: relacionamentos mais estáveis

O não é surpresa para ninguém que as taxas de divórcios estão nas alturas e que isso só tende a piorar no futuro.

Inúmeros fatores contribuem para isso, mas, sem dúvida, muitos desses fatores estão direta ou indiretamente ligados à vida nos grandes centros.

A superexposição, o estresse, o custo de vida alto (e os problemas financeiros que vêm disso), etc.

Tudo isso contribui para ambientes menos favoráveis à vida conjugal.

Não à toa, o índice de divórcios nas cidades grandes é maior do que nas cidades do interior.

Além disso, o povo interiorano costuma guardar valores mais sólidos em relação ao casamento.

Por isso, se você quer formar uma família, o interior pode ser o lugar ideal para que você concretize esse sonho.

LEIA A SEGUIR: Os 10 mais poderosos Versículos da Bíblia para refletir e suas lições

As desvantagens

Homem descobrindo as desvantagens de morar no interior.

Como nada no mundo é só flores, há, também, algumas desvantagens da vida no interior que você precisa saber antes de tomar qualquer decisão.

Essas vantagens não são para desencorajá-lo, mas sim para que você veja os dois lados da história.

Desvantagem 1: menos opções de entretenimento

Se você é uma pessoa que gosta de baladas, restaurantes luxuosos, casas de show e coisas do tipo, talvez o interior não seja para você.

No interior, sem dúvida, as opções desse tipo de entretenimento são bem limitadas.

É mais comum encontrar restaurantes de comidas típicas, festas regionais e diversões mais familiares.

Não é que não existem opções de entretenimento (pelo contrário), mas, se para você o entretenimento das grandes cidades é indispensável, você deve sim pesar esses fatores na hora de se decidir.

Desvantagem 2: mercado de trabalho reduzido

A lógica aqui é simples.

Se há menos pessoas, há menos serviços e comércio sendo oferecido.

Logo, há pouca oferta de trabalho.

O país passa por uma das piores crises de desemprego da história, por isso a falta de emprego é generalizada.

A despeito de tudo isso, entretanto, é certo que no interior o mercado de trabalho é diferente.

Ofertas de trabalho bem remuneradas, em geral, se concentram nas grandes cidades (o que explica o fluxo de gente que sempre deixa o interior).

É fato que empreender no interior pode ser mais fácil e atrativo, mas é bom ter noção do mercado de trabalho regionalizado.

Desvantagem 3: tédio

Se você é uma pessoa que gosta de ficar parada e de curtir a tranquilidade, então viver no interior pode ser um problema para você.

A vida passa mais devagar no interior.

As notícias correm devagar.

Os problemas do interior são diferentes dos que acontecem nas cidades grandes.

Como as opções de entretenimento são limitadas, você pode facilmente se ver preso no tédio de repetir sempre os mesmos lugares.

Por isso, se você prefere novidades constantes, talvez prefira permanecer nas grandes metrópoles.

Morar no interior é dar um passo em direção ao sossego, mas muita gente pode entender isso como um passo em direção ao tédio.

Desvantagem 4: acesso limitado a certos serviços

Embora o interior esteja cada vez mais com cara de cidade grande e os serviços tenham sido democratizados, ainda existem certos serviços que não chegam ao interior

Um exemplo disso são os shoppings.

Dificilmente você encontrará alguma cidade com menos de 200 mil habitantes que tenha um shopping.

É decorrência lógica da escassez populacional.

Não é lucrativo abrir e manter esse tipo de negócio em cidades pequenas.

Por isso, a depender do tamanho da cidade do interior para a qual você esteja cogitando se mudar, prepara-se para viver sem os shoppings.

Desvantagem 5: mobilidade difícil

Se você sempre morou em cidade grande poderá ficar surpresa em sabe que, em muitas cidades do interior, não existem serviços como apps de caronas.

Isso mesmo, aqui ainda o táxi é quem faz esse serviço.

Além disso, como a maioria dos eventos acontecem nos grandes centros, viajar será algo constante em sua vida.

Exames mais detalhados, concursos públicos…

Para tudo isso você vai ter que sair da cidade.

E, como praticamente não existem aeroportos em pequenas cidades, você terá de fazer tudo isso em ônibus.

Portanto, prepara-se para se adequar às formas de mobilidade do interior.

Desvantagem 6: fretes mais caros

Embora as empresas invistam cada vez mais na área de logística, os fretes podem ainda ser um problema para você.

Nos últimos anos esse tipo de problema vem diminuindo muito, mas ainda existe.

Não é incomum o frete para as cidades do interior (Nordeste ou Norte, por exemplo), custarem três ou quatro vezes o valor do produto.

Em razão da distância, as empresas acabam cobrando mais pelo serviço de entrega no interior.

Porém, esse é o tipo de problema que tende a desaparecer em um futuro próximo.

Conclusão

Homem e mulher concluindo se vale ou não a pena morar no interior.

A vida no interior tem muitas vantagens e, sem dúvida, pode ser o lugar ideal para você construir uma nova vida.

Porém, você também de entender que a vida no interior não são apenas flores, existem muitos desafios e peculiaridades.

Essa postagem teve a intenção de lhe mostrar o melhor e o pior de um mesmo mundo, mas só você pode decidir o que é ou não melhor para você.

Tente, experimente coisas novas, talvez a vida dos seus esteja te esperando atrás da sua próxima decisão.

Gostou do post de hoje?

Então comente abaixo se você mora, já morou ou pretende morar no interior, compartilhe com a gente sua experiência. 😊

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
100 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
J.R. Dittman

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.